9 de novembro de 2007

Novo disco de Carlos do Carmo

Carlos do Carmo, ouça no Expresso

Vou contigo, coração

Certa noite o meu destino
vi nos teus olhos fatais
e fiquei tão pequenino
que desde então imagino
seguindo-os por onde vais
não sei outrora o passado
nesta noite derradeira
vejo-te ainda a meu lado
mas neste fado bailado
arde a minha vida inteira
tenho-te ainda a meu lado
mas neste (falta-me apanhar este pedacinho)
arde a minha vida inteira
coração da minha vida
vida do meu coração
em cada noite perdida
uma promessa esquecida
naquele olhar sem perdão
vou contigo coração
a morrer dentro de mim
s'inda bates coração
não te sei dizer que não
vou contigo até ao fim
s'inda bates sem razão
não te sei dizer que não
vou contigo até ao fim

Música de Alfredo Marceneiro
Letra de Fernando Pinto do Amaral

1 comentário:

Ricardo disse...

a parte que falta é a mesma: "fado bailado". Tenho estado a entrar no sangue deste álbum. É muito bom. E esta música foi-me puxando, puxando... é linda.